Avançar para o conteúdo principal

Uma vida equilibrada (princípio do 1/3)

Nos últimos anos tenho procurado viver a minha vida de forma equilibrada, desenhando o meu estilo de vida, com opções claras na alimentação, exercício e mobilização fisica, rotinas e hábitos de bem estar, gestão do tempo e crescimento interior e espiritual (de sentido).

Deixei de fumar em 2005 (fumei durante 19 anos), emagreci 30 Kg em 2006 (cheguei a pesar 95 Kg), inclui na minha rotina o exercício fisico (até por questões de saúde uma vez que me foi diagnosticado uma situação na coluna que me impede de ter uma vida sedentária do ponto de vista físico - há males que vem por bem) e tenho feito várias viagens ao meu interior, desenvolvimento o conhecimento de mim, nomeadamente aprendendo a lidar com a ira, com a frustação, por exemplo, tirando proveito das minhas características pessoais, que me definem e aprendendo sobre a minha personalidade. Reservo cerca de 6 horas semanais para leitura.

Nesta caminhada, um princípio tem pautado o desenho do estilo de vida - designo como princípio do 1/3: 1/3 do tempo semanal é dedicado a dormir e a higiene pessoal, 1/3 a construção da sociedade, onde se enquadra a actividade designada por profissional, bem como o voluntariado e 1/3 para vida familiar onde se inclui a vida pessoal.

Uma semana tem 7 dias de 24h ou seja, 168 horas; 1/3 x 168 = 56 horas. Ou seja, 56 horas semanais de repouso e higiene pessoal, 56 horas de actividade social e 56 horas de vida familiar e pessoal. Quero sublinhar que as 56 horas de actividade social, executadas em 5 dias por semana, corresponde 11.2 horas por dia.

Quando me afasto deste equilibrio mensal, a ansiedade cresce, stress aumenta, bem como o cansaço, tenho maior dificuldade em lidar com a frustação. Com a persistência, é meio caminho andado para 'explodir', como habitualmente dizemos.

Colocado desta forma importa reflectir como cada um usa o seu tempo semanal. Deixo algumas perguntas para ajudar na reflexão/ desenho para adoptar uma vida equilibrada:

- 56 horas de actividade social por 5 dias úteis dá 11.2 horas de actividade (e.g. trabalho) por dia; corresponde a média diária sem incluir transportes ?

- como é usado o tempo familiar e pessoal ?

- um fim de semana, descontado o tempo de descanso (48-16=32) gasta 32 horas das 56 do tempo familiar; sobram 24 horas (4.8 horas por dia útil), como são usadas ?

- se num dia útil trabalho 11.2 horas, gasto comigo e com a família 4.8 horas, em que gasto as restantes 8h ?

- quanto tempo gasto em transportes ? a minha residência é perto do local de trabalho ou escola dos filhos (se for o caso) ?

- actividade física regular, por exemplo 3 vezes por semana, consome 6h semanais do tempo de descanso (higiene) e do tempo de vida familiar/ pessoal

- que tempo dedico a mim, fazendo exercício físico, praticando um hobby, meditando, lendo, ... ?

Espero que ajude na transição interior e na adopção de uma vida mais equilibrada.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

As minhas práticas

Várias pessoas a minha volta tem-me perguntado sobre as minhas práticas, diárias, semanais, mensais, para me manter integro, inteiro, autêntico. Aqui resumo as que tenho praticado:

Diárias (ou praticamente)
- Meditação (aprox. 1h)
- Journaling
- Dormir pelos menos 7 horas
- Beber 1 a 2 litros de água (procurando que seja o mais próximo possível de água de nascente)
- Alimentação consciente: vegan; 30% de crus; tentativamente biológica, local, de comércio justo; sem uso de açucar adicionado, alcool, café, sal refinado; com uso consciente de glutén, soja, sal e cereais integrais
- Jejum de 14 horas
- Andar o máximo que puder
- Leitura de 1 hora (ou visionamento de documentários e/ou filmes ou visita a exposições/ museus)
- Estar diariamente com os meus filhos e companheira
- Procurar um equilíbrio entre eu e a companheira no dia a dia da família (e.g. logistica, filhos)
- realizar tarefas comuns de forma mindfulness (e.g. arrumar a cozinha, conduzir, brincar com os miudos)

Semanais
- P…

Organizações de comuns: a emergência de um novo conceito de propriedade

Imaginem uma estrutura organizacional formada por 3 aneis, assim como o planeta Terra (Núcleo, Manto e Crosta).

O 'Núcleo' é formado pelas relações entre as pessoas que trabalham na organização (e.g. gestores, empregados), quem esta serve (e.g. cliente, utilizadores) e quem é necessário para o serviço (e.g. fornecedores, parceiros). Vamos chamar a este o 'anel da missão'. É um anel de nomeação automática, i.e., se estiver a ter um destes papeis, pertence automaticamente a este anel com os respectivos deveres e direitos. Ou seja, se sou empregado nesta organização pertenço automaticamente a este anel e não tenho como não escolher pertencer.

O 'Manto' é formado por todos aqueles que já estiveram no núcleo executivo e que já não estão, por terem deixado de ser clientes ou utilizadores, parceiros ou fornecedores ou porque se reformaram ou foram executar funções para outras organizações. Vamos chamar a este o 'anel do conhecimento'. É também um anel de nome…

Breves notas sobre propriedade (enciclopédia 4)

Inspirado pela Enciclopédia 1, 2 e 3 do Gonçalo M. Tavares, Breves notas sobre, respectivamente, Ciência, Medo e Ligações, escrevo estas breves notas sobre 'propriedade'.
.... Enciclopédia 4 Breves notas sobre propriedade

Meu, Minha
Meu marido. Meu filho. Meu almoço. Meu corpo. Meu desejo. Meu carro. Meu espírito. Meu trabalho. Meu dinheiro. Meu país. Meu saber. Minha Mente. Minha mulher. Minha dor. Minha alegria. Minha felicidade. Minha auto-estima. Minha nacionalidade. Minha casa. Minha terra. Minha alma. Minha experiência. Minha família.
.........

Minha Família

Quem já passou por partilhas ?
Conhecia esta família ?
Irmão contra Irmão. Tio contra Sobrinho. Filho contra Mãe.

E para o que menos tem - de propriedade - um gato das botas.

..........
Economia I
Terra. Trabalho. Capital. Conhecimento.
..........
Terra I
Quem te nomeou dono ? Como te atribuiram senhor ? (Ver filmes de Indios e Cowboys).
Como ganharam a posse da terra os contemporaneos Americanos ?
No mito que funda…