Avançar para o conteúdo principal

Transformando o G (de EGO para ECO) a partir do Otto Scharmer

Li a poucos dias o novo livro do Otto Scharmer (http://www.ottoscharmer.com/): Leading from the Emerging Future: From Ego-System to Eco-System Economies.

É uma leitura que recomendo: (i) É uma boa forma de entrar na Teoria U, para quem não a conhece ainda. (ii) É uma excelente síntese das perplexidades do tempo presente. (iii) Apresenta um modelo simples que ajuda na comunicação e na partilha de modelos mentais (matriz da evolução económica). iv) Identifica as principais áreas/ sistemas/ conceitos/ sectores que temos que fazer evoluir para uma forma 'ECO'. (v) Lança pontos de reflexão sobre o que pode ser o nível ECO (4.0). (vi) E mostra, com exemplos, como podemos começar, hoje, a co-criar o nosso futuro colectivo.

Perplexidades
- Ecologica, rendimentos, financeira, tecnológica, liderança, consumo, governação, propriedade

Onde temos que evoluir:
- Educação, saúde, estados/ governos, bancos, NGO's, empresas, ...
- Propriedade, dinheiro, emprego, liderança, organização, ...
- Pessoas, comunidades, organizações, ...

Uma leitura fundamental para todos os que trabalham todos os dias para co-criar o nosso futuro colectivo, em particular para os empreendedores sociais. Poderá esta ser a nossa linguagem comum ?

Sugiro a leitura do 'resumo' pelo próprio 10 insights on the Ego-2-Eco Economy Revolution

Comentários

Tiago Bernardo disse…
Marco,

Como sabes, sempre fui muito atento e gosto de ir acompanhando (um pouco à distância) o que vais dizendo e no que vais trabalhando.

Umas das várias coisas que tenho pena em não partilhar conversas contigo, são as recomendações de boa literatura que sempre fazias.

Acho que seria bastante interessante ires partilhando aqui ou noutro qualquer espaço das redes sociais aquilo que vais lendo. Seria, seguramente, um ponto de recomendação bastante valioso.

Abraço!
Tiago Bernardo
Marco de Abreu disse…
Tiago, grato pelas tuas palavras; vou procurar fazer; ao presente estou a ler 'O Mundo até ontem' Jared Diamond, Circulo de Leitores (O que podemos aprender com as sociedades tradicionais?)

Mensagens populares deste blogue

As minhas práticas

Várias pessoas a minha volta tem-me perguntado sobre as minhas práticas, diárias, semanais, mensais, para me manter integro, inteiro, autêntico. Aqui resumo as que tenho praticado:

Diárias (ou praticamente)
- Meditação (aprox. 1h)
- Journaling
- Dormir pelos menos 7 horas
- Beber 1 a 2 litros de água (procurando que seja o mais próximo possível de água de nascente)
- Alimentação consciente: vegan; 30% de crus; tentativamente biológica, local, de comércio justo; sem uso de açucar adicionado, alcool, café, sal refinado; com uso consciente de glutén, soja, sal e cereais integrais
- Jejum de 14 horas
- Andar o máximo que puder
- Leitura de 1 hora (ou visionamento de documentários e/ou filmes ou visita a exposições/ museus)
- Estar diariamente com os meus filhos e companheira
- Procurar um equilíbrio entre eu e a companheira no dia a dia da família (e.g. logistica, filhos)
- realizar tarefas comuns de forma mindfulness (e.g. arrumar a cozinha, conduzir, brincar com os miudos)

Semanais
- P…

Leitura 'reinventing organizations'

Li a pouco um dos mais estimulantes livros sobre o tema das organizações, seu desenho, propósito, estratégia, liderança, empreendedorismo e casos.

Partilho o livro e duas palestras sobre o tema

Livro (Frederic Laloux): http://www.reinventingorganizations.com/ (há uma versão low-cost em formato digital)

Palestras:
(2014) https://www.youtube.com/watch?v=gcS04BI2sbk (1h15 m) - boa exposição do tema; perguntas e respostas fraco

RSA (Jan.2015): https://www.youtube.com/watch?v=QA9J-aKkOAI (~25 m) - exposição mais resumida; excelentes perguntas e repostas


Este livro permitiu-me observar que:
- Safira (1996-2005) era laranja com muitas praticas de Verde
- darwin (2005-2011) era verde com algumas práticas de Amarelo
- João Sem Medo (2011-) é amarelo (ainda com muito verde)

Por aqui tem se observa o meu nível de consciência e a caminhada. Foi um grande livro para mim. Sinto que é um grande livro para a humanidade em particular para quem se foca no tema de como organizamos a nossa acção.

Este liv…

Organizações de comuns: a emergência de um novo conceito de propriedade

Imaginem uma estrutura organizacional formada por 3 aneis, assim como o planeta Terra (Núcleo, Manto e Crosta).

O 'Núcleo' é formado pelas relações entre as pessoas que trabalham na organização (e.g. gestores, empregados), quem esta serve (e.g. cliente, utilizadores) e quem é necessário para o serviço (e.g. fornecedores, parceiros). Vamos chamar a este o 'anel da missão'. É um anel de nomeação automática, i.e., se estiver a ter um destes papeis, pertence automaticamente a este anel com os respectivos deveres e direitos. Ou seja, se sou empregado nesta organização pertenço automaticamente a este anel e não tenho como não escolher pertencer.

O 'Manto' é formado por todos aqueles que já estiveram no núcleo executivo e que já não estão, por terem deixado de ser clientes ou utilizadores, parceiros ou fornecedores ou porque se reformaram ou foram executar funções para outras organizações. Vamos chamar a este o 'anel do conhecimento'. É também um anel de nome…