sábado, 11 de outubro de 2008

O liberalismo em evolução.

Nos últimos 50 anos assistimos a uma mudança de fundo nas nossas sociedades. A revolução francesa trouxe novos valores para as sociedades ocidentais e colocou o Homem no centro, mas um Homem colectivo, numa sociedade planeada. Um homem sem livre arbítrio! O Homem social não escolhe a escola do filho, o hospital ou centro de saúde que frequenta! Tudo isso é planeado centralmente por um 'sábio' planeador!

Os acontecimentos 'financeiros' presentes, a economia/ dependência do petróleo, o aquecimento global, a crise do ozono, ... são apenas eventos de um padrão/ tendência de fundo que mostra que o modelo do planeador central está esgotado! Chegou ao fim!

Capra fala da emergência de valores: conservation, cooperation, quality e partnership em vez de expansion, competition, quantity e domination.

É o resultado da digitalização das sociedades, um processo em curso, em que a base de operação da sociedade é digital. Este processo está a revolucionar o mundo e a fazer emergir novos valores. A 'revolução' é profunda e de impacto igual ou superior a da revolução francesa.
A crise financeira presente é apenas mais um evento desta transformação.

A emergência dos novos valores surge sobre a internet que liga cada indivíduo, independente da sua localização, cultura, credo, ... - é a emergência da internet dos valores! num quadro da revolução da complexidade.

O liberalismo está mais vivo do que nunca! E o Homem ganha o direito da escolha, num quadro de novos valores!

Sem comentários: