sábado, 8 de março de 2008

Crimes isolados ou sintomas de maleitas maiores ?

Estou apreensivo! Só para citar algumas:
Fui surpreendido no Natal com as mortes de pessoas baleadas por outras que festejavam com armas de fogo!
Os crimes do Porto e outros tantos ao longo dos últimos anos que mostram uma criminalidade organizada com apontamentos de mafia.
As recentes mortes, despropositadas e completamente incompreensíveis!

É certo que desde há muito que os crimes diminuem em Portugal e que não nos vejo, nem sinto que sejámos uma sociedade violenta. Como alguém dizia ou escrevia, numa sociedade que está a ficar menos violenta, nota-se mais os crimes... talvez... mas lembrei-me do Pensamento IX (http://coisas-do-marco.blogspot.com/2008/03/pensamento-ix.html)...

Há algo que vem mudando, lentamente e lá no fundo... algo que não parece estar relacionado com nada e que, lá por detrás é uma rede complexa de ligações... há pouco tempo um estudo de uma instituição (terá sido da SEDES ?) vinha dizer, cuidado, podemos estar à beira de problemas sociais graves... vejo com apreensão os fenómenos de marginalização nas zonas metropolitanas... vejo com apreensão o crescimento do desemprego, vejo com apreensão a pobreza... a exclusão... o aumento dos cereais e dos bens relacionados... o aumento da carga fiscal... o desalinhamento da justiça em relação à vida das pessoas... a frustação das pessoas...

Não me parece que os crimes estejam a aumentar ou a sociedade Portuguesa a se tornar mais violenta... são apenas manifestações, que parecem isoladas, do tal algo... não sei explicar...

... é como se o país já não conseguisse encontrar soluções para as pessoas, ou que elas já não vêm que o país lhe consiga dar respostas...

... estaremos a deixar de sonhar ?

Sem comentários: