quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Conciliação de Gerações

Que os Gatos Fedorentos estão a funcionar como uma válvula de escape na tensão entre gerações, contribuindo para uma conciliação de gerações.

Os da minha geração (e seguinte)*1 andam frustados e disiludidos com os da geração dos pais e avós. Não percebem a falta de eficiência e eficácia*2 em todo o lado e em todas as coisas... casar, comprar casa, processar o construtor, ser bem atendido no supermercado e no médico, pagar impostos, comprar carro, pedir um certificado de habilitações, inscrever na ordem, no curso, ter um professor, ter uma creche, ...
"O país não funciona", é uma frase muito ouvida e sentida por esta geração, que começa a ter pouca tolerâcia para o mau serviço, a falta de educação, os atrasos, a incompetência...
Ora, e quem é que lá colocou isto? os pais e os avós!

Os Gatos vieram colocar a malta a rir disto, incluindo os filhos, os netos, os pais e os avós. Caricaturam e ridicularizam o mau funcionamento da sociedade e das mentalidades. A malta ri, e já diz o ditado, "que quem ri seus males espanta" (não é 'ri', é 'canta', mas 'ri' também funciona)*3.

Começamos a compreender que a missão dos pais (e de alguns avós) foi conquistar e sustentar a liberdade - é sempre possível fazer melhor, mas disso falaremos noutra altura.
Também a nossa missão começa a ser definida: sociedade eficiente e eficaz assente no livre arbítrio - o que pressupõe educação, instrução, cultura, justiça, segurança, ... também disto falaremos noutra altura.

(*1) Dado o 25 de Abril de 1974, considero que a minha geração está entre os que nasceram depois de 1964, diria que têm hoje até aos 40 anos.

(*2) Segundo a www.infopedia.pt, Porto Editora:

eficiência, substantivo feminino
1. força ou virtude de produzir o efeito pretendido; eficácia;
2. poder de realizar (algo) convenientemente, dispendendo de um mínimo de esforço, tempo e outros recursos; competência;
(Do lat. efficientìa-, «id.»)

eficácia, substantivo feminino
1. qualidade do que é eficaz;
2. capacidade de cumprir os objectivos pretendidos; eficiência;
3. força para produzir determinados efeitos;
(Do lat. efficacìa-, «força»)

(*3) Aprendi numas excelentes histórias que tenho contado ao meu filho (e a mim próprio, à minha mulher, aos nossos pais...) que se inspiram nos 21 monumentos nomeados para serem maravilhas: "Era uma vez uma maravilha...". No caso foi na do Castelo de Guimarães, "Andava, Anadava, Andava... em Guimarães".

Sem comentários: